Pular para o conteúdo
Início » ROIC : Entenda o Retorno sobre o Capital Investido

ROIC : Entenda o Retorno sobre o Capital Investido

ROIC
Compartilhe este Post

Neste artigo, vamos explorar o conceito de ROIC (Return on Invested Capital), uma métrica crucial no mundo das finanças.

Se você está começando a se aventurar no mundo dos investimentos ou deseja aprofundar seu conhecimento sobre análise fundamentalista, entender o ROIC é essencial.

O que é ROIC ?

O ROIC é uma medida de eficiência financeira que avalia o quanto uma empresa gera de lucro em relação ao capital total investido em seu negócio.

Esse capital investido inclui tanto o dinheiro dos acionistas quanto a dívida líquida da empresa.

O ROIC é uma ferramenta poderosa para investidores, pois fornece insights sobre como uma empresa está utilizando o capital disponível para gerar retorno financeiro.

Veja também nosso artigo sobre Análise Fundamentalista.

Como calcular o ROIC

Calcular o ROIC (Return on Invested Capital) é fundamental para avaliar a eficiência financeira de uma empresa e entender seu potencial de geração de retorno para os investidores.

Vamos mergulhar um pouco mais fundo nesse processo e explorar como calcular essa métrica de forma eficaz.

1. Encontrando o NOPLAT

O primeiro passo para calcular o ROIC é determinar o NOPLAT (Net Operating Profit Less Adjusted Taxes), que representa o lucro operacional líquido após os impostos.

Esse número é essencial para entender quanto dinheiro a empresa está gerando de suas operações principais, desconsiderando o efeito dos impostos.

Para calcular o NOPLAT, você precisa ajustar o lucro operacional (EBIT) para os impostos que seriam pagos se a empresa não tivesse despesas financeiras.

Isso é feito multiplicando o EBIT pela diferença entre 1 e a taxa de imposto corporativo aplicável à empresa.

2. Determinando o Capital Investido

O próximo passo é calcular o capital investido, que é a soma do patrimônio dos acionistas e da dívida líquida da empresa.

Em outras palavras, é o dinheiro que a empresa usa para operar e crescer.

O capital investido é uma parte crucial do cálculo do ROIC , pois representa o montante total de recursos financeiros disponíveis para a empresa.

Para calcular o capital investido, você precisa considerar tanto o capital próprio quanto o capital de terceiros.

Isso inclui o patrimônio líquido dos acionistas, que representa os recursos investidos pelos proprietários da empresa, e a dívida líquida, que inclui tanto o endividamento quanto o dinheiro em caixa e equivalentes de caixa.

3. Dividindo para obter o ROIC

Com o NOPLAT e o capital investido em mãos, agora é hora de calcular o ROIC .

Para fazer isso, basta dividir o NOPLAT pelo capital investido usando a fórmula:

Essa simples equação fornece uma medida clara e objetiva da eficiência com que a empresa está utilizando o capital disponível para gerar lucro líquido.

4. Interpretando o resultado

Após calcular o ROIC , é importante interpretar o resultado corretamente.

Um ROIC mais alto indica que a empresa está gerando um retorno mais eficiente sobre o capital investido, enquanto um ROIC mais baixo pode sugerir que a empresa não está utilizando seus recursos de forma tão eficaz.

Sendo assim,comparar o ROIC com empresas concorrentes ou com o custo médio ponderado do capital (WACC) da empresa pode fornecer insights adicionais sobre seu desempenho financeiro.

Vantagens e desvantagens do ROIC

O ROIC é uma ferramenta valiosa para investidores, oferecendo insights importantes sobre a eficiência financeira de uma empresa.

No entanto, é crucial entender tanto suas vantagens quanto suas desvantagens para uma avaliação completa.

Vantagens do ROIC

1. Comparabilidade

Uma das principais vantagens do ROIC é sua capacidade de comparar o desempenho financeiro de diferentes empresas de forma objetiva.

Portanto, isso permite aos investidores avaliarem rapidamente a eficiência operacional de várias empresas e tomar decisões informadas sobre onde investir seu capital.

2. Abordagem abrangente

Ao considerar tanto o capital próprio quanto o capital de terceiros, o ROIC oferece uma visão mais completa da eficiência financeira de uma empresa.

Isso significa que o ROIC não apenas leva em conta a rentabilidade dos acionistas, mas também a capacidade da empresa de gerar retorno sobre seu investimento total.

3. Avaliação de criação de valor

O ROIC é útil para avaliar se uma empresa está criando ou destruindo valor para os acionistas.

Por fim, ao comparar o ROIC com o custo médio ponderado do capital (WACC), os investidores podem determinar se a empresa está gerando um retorno superior ao custo de seu capital.

Desvantagens do ROIC

1. Variações contábeis

Uma das principais desvantagens do ROIC é que as práticas contábeis podem variar entre empresas e setores, afetando a precisão das comparações de ROIC.

Por exemplo, algumas empresas podem usar métodos contábeis diferentes para calcular o lucro operacional, o que pode distorcer a análise do ROIC.

2. Limitações de previsão

O ROIC não leva em consideração o potencial de crescimento futuro ou o desempenho operacional em diferentes ciclos econômicos.

Entretanto, isso significa que o ROIC pode não fornecer uma imagem completa da saúde financeira de uma empresa a longo prazo e pode não ser útil para prever seu desempenho futuro.

3. Dependência de dados históricos

O ROIC é baseado em dados históricos de lucros e investimentos, o que significa que pode não capturar mudanças repentinas nas condições de mercado ou na estratégia empresarial.

Além disso, isso pode limitar sua utilidade para avaliar empresas em setores voláteis ou em rápida evolução.

4. Complexidade de cálculo

O cálculo do ROIC pode ser complexo e exigir acesso a informações financeiras detalhadas, o que pode ser desafiador para investidores individuais.

No entanto, isso pode limitar sua acessibilidade e utilidade para investidores menos experientes.

5. Sensibilidade a alterações na estrutura de capital

O ROIC é sensível a mudanças na estrutura de capital de uma empresa, como alterações na proporção de dívida e capital próprio.

Isso significa que o ROIC pode flutuar significativamente ao longo do tempo, mesmo que o desempenho operacional da empresa permaneça constante.

6. Limitações na comparação entre setores

Como as práticas contábeis e as estruturas de capital podem variar entre setores, o ROIC pode não ser útil para comparar o desempenho de empresas em setores diferentes.

Contudo, isso pode limitar sua utilidade para investidores que desejam diversificar seu portfólio em vários setores.

Conclusão

O ROIC é uma ferramenta valiosa para investidores que desejam avaliar a eficiência financeira de uma empresa.

Portanto, ao calcular e interpretar o ROIC, os investidores podem tomar decisões mais informadas sobre onde alocar seu capital.